Gerenciamento de Arquivos

Após estudar os conceitos mais básicos de uso do sistema como:

  1. Ligar o computador, fazer login.
  2. Conhecer a tela inicial do sistema.
  3. Utilizar o mouse e teclado.
  4. Abrir programas e controlar janelas.
  5. Fazer alguns trabalhos e Salvar.

Precisamos trabalhar com a parte mais vital do sistema para um Operador, que é o Gerenciamento de Arquivos.

Qualquer Sistema Operacional tem um aplicativo gerenciador de arquivos. No Windows ele é conhecido como Windows Explorer ou mesmo Explorador de arquivos, na nova versão Windows 10.

Windows Explorer (Explorer.exe)

Para abrir o Windows Explorer: Clicar no atalho que está fixado na barra de tarefas do Windows (entre o Internet Explorer e o Windows Media Player).

windows-explorer-icon

Ou

Tecla Windows + E

Ou

Iniciar > Todos os Programas > Acessórios > Windows Explorer

Ou

Iniciar > Digitar na caixa Pesquisar programas e arquivos o nome “explorer” sem aspas e acessar o link que irá aparecer no grupo programas.

Ele é o gerenciador de Unidades, Pastas, Biblioteca e Arquivos do Windows. Com ele podemos gerir o conteúdo do computador. Está melhorado, apresenta uma nova interface gráfica que lembra a tela do Navegador Internet Explorer e traz recursos integrados de pesquisa.

windows-explorer

A tela é formada por: Barra de título, Barra de endereço, botões de navegação, Barra de Endereços e Caixa de Pesquisa. Tem também a Barra de opções (substituta da antiga barra de menus) ela muda as opções de acordo com o objeto selecionado. A área de trabalho que é formada pelo Painel de Navegação e o de Visualização e por fim o Painel de detalhes (substituto da antiga barra de status).

DICA IMPORTANTE: Ao pressionar a tecla Alt uma vez aparece a “antiga” barra de menus. Abaixo da Barra de Endereço e a acima da barra de Opções. Se, pressionar outra vez o Alt, ela será ocultada.

Bibliotecas

Biblioteca Documentos

A Biblioteca do Windows Explorer veio para substituir a “antiga” pasta Meus Documentos. Dentro das bibliotecas podemos criar Pastas ou mesmo “Incluir locais”, ou seja, criar pastas em qualquer local do computador e incluir em uma biblioteca assim podemos acessar vários locais a partir dela. Ao incluir um local estamos criando um tipo de atalho para uma ou mais pastas ou unidades existentes no computador ou outros meios.

Biblioteca Imagens

Nela podemos incluir vários locais que indicam pastas com imagens. É a antiga pasta Minhas Imagens.

Biblioteca Músicas

Nela podemos incluir vários locais que indicam pastas com músicas. É a antiga pasta Minhas Músicas.

Biblioteca Vídeos

Nela podemos incluir vários locais que indicam pastas com vídeos. É a antiga pasta Meus Vídeos.

DICA IMPORTANTE: Dentro de cada biblioteca por padrão existem duas pastas. Uma com o nome da biblioteca, ex: Documentos (de propriedade do usuário) e outra com o nome Documentos Públicos (de domínio de todos os usuários).

Itens do Painel de Navegação

Favoritos

No item Favoritos podemos ter acesso aos atalhos para a Área de trabalho do Windows ou Desktop, Downloads e Locais, este último contém os um “histórico” dos locais que acessamos pelo Windows Explorer.

Grupo Doméstico

No item Grupo Doméstico podemos configurar os parâmetros de nossa rede para compartilhar conteúdos e recursos.

Computador

No item Computador podemos ter acesso às unidades de armazenamento de informações (Discos). É o “antigo” Meu Computador.

Rede

No item Rede podemos ter acesso às informações dos dispositivos da nossa rede. Desde o nome da máquina e equipamentos de conexão. Podemos também compartilhar dados e recursos como impressora, etc.

Veja Como utilizar o Gerenciador de Arquivos do Windows

Anúncios